Como fazer uma desintoxicação digital?



Ao saber o que uma desintoxicação digital é capaz de fazer pelo seu bem-estar, acredite, você vai querer passar pela experiência.


Como estamos habituados — demais — a fazer do smartphone um apêndice do corpo, não cogitamos que o excesso de conexão seja responsável por uma série de prejuízos.


Mas, é um fato: junto à facilidade de comunicação e informação, surgem efeitos indesejados.


Talvez, você só se dê conta do quanto o acesso constante às redes sociais e as frenéticas trocas de mensagens impactam em sua vida ao se permitir um detox digital.


Por isso, elaboramos um guia que irá ajudá-lo a:

  • perceber sinais de que precisa reduzir seu tempo conectado;

  • reconhecer os benefícios de ficar off-line;

  • realizar uma desintoxicação digital viável e eficiente.


Entenda que esse detox não sugere que você elimine a internet de sua rotina.


Apenas, que descubra um modo mais consciente de utilizá-la.


Disposto a tentar?


Siga a leitura e veja que o processo é mais simples do que você imagina.


Sinais de que você precisa fazer uma desintoxicação digital


Os indícios de que você está viciado em internet podem ser notados, primeiro, por pessoas próximas.


Logo, se você já foi repreendido por “não tirar o olho do celular”, dê um crédito a essa observação.


Contudo, é na autoavaliação de seus hábitos que encontrará os melhores motivos para fazer o detox digital.


Portanto, passe a analisar se você:

  • interrompe seu trabalho ou estudo para consultar as notificações do telefone;

  • atrasa seu horário de dormir porque se distrai nas redes sociais;

  • tem medo de ficar de fora de algum assunto se não consultar as mídias sociais com frequência;

  • passa as refeições rolando feeds de aplicativos como Instagram, Facebook e Twitter;

  • desvia a atenção de conversas para verificar seu smartphone;

  • está preocupado com o número de curtidas que suas postagens irão trazer;

  • se sente deprimido, ansioso ou irritado após consumir conteúdos digitais;

  • compara sua vida aos perfis que segue nas redes sociais;

  • encara que precisa responder, com urgência, as mensagens que recebe em seu WhatsApp;

  • não consegue ter momentos de lazer — como assistir a um filme — sem usar seu celular;

  • perde a noção do tempo enquanto se atualiza com as publicações na rede;

  • sente necessidade de fotografar e postar tudo o que experimenta no mundo off-line.


A lista poderia continuar. Mas, a partir desses exemplos, você já consegue deduzir o perfil de quem se beneficiaria com uma desintoxicação digital.


Você se identificou?


Então avance para os próximos tópicos do post.


Benefícios do detox digital


Reduzir o uso de internet pode ser a resposta para uma série de problemas que você enfrenta no seu dia a dia — e nunca cogitou que estivessem associados ao seu tempo on-line.


Veja algumas situações:


Qualidade do sono


O uso do celular, antes de dormir, prejudica a produção natural de melatonina — o hormônio do sono.


Portanto, é possível que a solução para sua insônia se resuma à substituição da leitura de feeds pela companhia de um livro, na hora de ir para a cama.


Produtividade


Seu dia parece não ter horas suficientes? Não consegue se livrar da procrastinação?


Acaso já reparou no quanto seu foco oscila em função das notificações que pululam em seu celular?


Realmente, com a concentração comprometida, é difícil concluir tarefas no prazo esperado. Ou mesmo iniciá-las, uma vez que “outros assuntos” roubam a atenção.


Criatividade


Enquanto consumimos conteúdos alheios, sem pausa para refletir, nos privamos da introspecção necessária para elaboração de ideias originais.


Além disso, a internet não pode ser nossa única fonte de referências!


Artes plásticas, literatura, cinema, natureza e (real) contato humano são mananciais — insubstituíveis — de insights.


Relacionamentos


Corpo presente não é sinônimo de presença. Você sabe disso.


Então, onde estão seus olhos — e seu interesse — no almoço de família, no happy hour com os colegas, no momento de lazer junto aos amigos ou parceiro amoroso?


Experimente esquecer a existência de seu smartphone nessas horas e prepare-se para um salto na qualidade de seus encontros.


Autoestima


As redes sociais exibem enxurradas de corpos perfeitos, refeições perfeitas, lugares perfeitos.


É quase inevitável acabar comparando essa edição de cenas ao nosso cotidiano — tantas vezes, menos glamuroso.


Por mais que tenhamos consciência de que as imagens de Instagram não servem como parâmetro de realidade, nosso desejo tende a não ser tão racional.


Resultado? Baixa autoestima, sensação de fracasso e até depressão.


Fazer uma limpa nos perfis que segue — ou parar de acompanhar todas as postagens de conhecidos — lhe ajudará a reconhecer alegrias e virtudes na vida que realmente importa: a sua.


Passo a passo para fazer uma desintoxicação digital


Convencido a buscar uma relação mais saudável com o mundo virtual?


Então saiba como proceder para chegar a esse ponto de equilíbrio:

  1. Deixe seu celular guardado quando estiver na companhia de outras pessoas.

  2. Desative os avisos sonoros que alertam para novas mensagens de e-mail, WhatsApp, Telegram e afins.

  3. Escolha (no máximo) 3 horários específicos do dia para verificar e responder suas mensagens.

  4. Abandone o uso do smartphone durante suas refeições.

  5. Evite usar o celular em transporte público, enquanto espera numa fila ou aguarda o início de um filme, peça de teatro, palestra… Use esse tempo para divagar em seus pensamentos ou — se não for inconveniente — puxar conversa com uma pessoa próxima.

  6. Uma ou duas horas antes de ir para a cama, encerre seu contato com tecnologia.

  7. Se levar seu telefone para o quarto, garanta que sua única função seja a de um despertador.

  8. Passe a primeira hora da manhã longe das redes sociais.

  9. Exclua o aplicativo que mais o distrai — por uma semana ou um mês. Você concluirá que sobrevive muito bem sem ele.

  10. Faça algo divertido, sem a preocupação de fotografar o momento para compartilhá-lo no Instagram.

  11. Eleja um dia da semana para se ausentar (completamente) das redes sociais e grupos de WhatsApp.

  12. Avalie os perfis que segue em suas redes. Trazem informações relevantes? Colaboram para seu bom humor? Instigam reflexões produtivas? Se a resposta for “não”, elimine-os de seu feed.

  13. Cancele a inscrição em newsletters que se acumulam em sua caixa de e-mails.

  14. Determine um limite diário de tempo para o uso de mídias digitais. Uma hora e meia pode ser uma meta inicial razoável. Utilize um timer para auxiliá-lo no controle.

  15. Programe atividades que dispensem recursos tecnológicos. Essa é uma boa deixa para você desenvolver um hobby.


Com esses ajustes, em poucos dias você já notará resultados. Se sentirá menos sobrecarregado, ansioso, estressado e disperso.


Se você já se propôs experimentar uma desintoxicação digital, compartilhe conosco suas impressões!


Quais foram suas maiores dificuldades? Que estratégias adotou? Quais alterações percebeu em sua qualidade de vida?


Utilize o campo dos comentários para registrar seu depoimento!


#Psicologia #Psicóloga #VilaMariana #DesintoxicaçãoDigital #ClínicaDePsicologia #TerapiaCognitivoComportamental

54 visualizações

Rua Domingos de Morais, 2781, conj. 310

04035-001, Vila Mariana, São Paulo, SP

Ao lado da estação metrô Santa Cruz

Estacionamento gratuito no local

whatsapp-512.png
  • icone_facebook
  • icone_instagram

© 2019 | site da Clínica de Psicologia Nodari.