Do que você tem medo?

Todos nós conhecemos alguém que tem medo de algo concreto. Pode ser cães, baratas, elevadores, aviões, alturas, etc. Na verdade, nós mesmos podemos ter medo de quase tudo. Na maioria dos casos, são medos com os quais vivemos, o que não nos impede de termos uma vida normal.


Em relação aos medos, tentamos evitar os cães, por exemplo, ou aderimos as escadas para não subir no elevador, ou ainda tentamos qualquer opção para não fazer uma viagem de avião. O problema é quando, devido às circunstâncias da vida, precisamos enfrentar um desses medos porque não temos escolha. O medo é limitante, nos faz perder a autonomia. E devemos nos conscientizar e encarar isso.


Uma pergunta válida para este tipo de situação pode ser “O que você faria se não estivesse com medo?”. Este questionamento nos ajuda a refletir sobre o que queremos e a tomar consciência de até que ponto nossos medos podem limitar o nosso crescimento pessoal. Devemos enfrentar nossos medos, por mais intransponíveis que pareçam, e estar conscientes de que todos podemos fazer qualquer coisa a qual nos proponhamos a fazer, embora às vezes possamos precisar de alguma ajuda.


Agir sem medo é sinônimo de agir de maneira livre. E é o primeiro passo quando se trata de ouvir a si mesmo, marcando seus objetivos e lutando pelo que você quer. Portanto, somente sem medo você pode saber quem você é, desenvolver todo o seu potencial e exercer plenamente seu livre arbítrio.


A maioria dos comportamentos erráticos, como insegurança, timidez excessiva, mentira, isolamento, submissão, agressão ou violência, partem do medo. Então, um dos primeiros passos para ser feliz é eliminar o medo.


O que fazer para superar nossos medos?


Sentir medo é algo completamente natural, mas deixar que os medos nos impeçam de seguir nossos sonhos é uma tragédia. A boa notícia é que o medo pode ser superado. Confira alguns passos que podem ajudar você a refletir:


1 – Aceite seu medo


Liste seus medos, escreva-os se necessário e não os julgue. O primeiro passo para mudar alguma coisa é aceitá-los. Diga para si mesmo: sim, estou com medo, o que há de errado?


2 – Hora de encará-lo


Se você fez uma lista de seus medos, procure por qual deles começar. Inicie por algum pequeno, que não envolva muito risco. Pode ser conversar com aquele amigo com o qual você se desentendeu e acha que ele não irá mais aceitá-lo. Ligue, visite, não importa o resultado. O importante é que você tenha enfrentado esse medo. Depois disso você já será um pouco mais forte.


3 – Tenha claro seus objetivos


Se você não tem as coisas claras, o medo irá controlá-lo mais facilmente. O medo é o principal obstáculo para as pessoas que estão indecisas. Pense cuidadosamente sobre o que você quer, como você pode alcançar esse objetivo e o que aconteceria se você tivesse sucesso. Em seguida, volte para refletir sobre os medos que o levam para longe de seus objetivos, dê-lhes a mão e leve-os na direção da vida que você deseja. Aquilo que te apavora pode ser aquilo que trará mais felicidade.


4 – Pensar positivamente


Não ajuda em nada você pensar sobre as coisas que você não terá, os erros que vai cometer, ou quão infeliz você será se acontecer aquilo que você não quer. Concentre-se no positivo, em tudo o que poderá acontecer se você conseguir. Só não esqueça de manter os pés no chão.


5 – Confiar em si mesmo


A principal razão para seus medos surgirem é a falta de confiança em si mesmo. Uma pessoa confiante, com alta autoestima, tem menos problemas quando enfrenta seus medos do que alguém sem autoconfiança ou motivação. Trabalhe para aprender a amar a si mesmo. Isso vai mudar sua vida.


Você não será capaz de viver uma vida sem medo. Isso não existe. Você continuará a ter medo, continuará a ter problemas e continuará a ser levado por eles em alguns momentos. O bom é que, se você trabalhar para remediá-los, esses medos e esses maus momentos serão cada vez menores. Ou se eles não diminuírem em número, reduzirão em intensidade, pois você estará mais preparado para agir sobre o assunto.

36 visualizações

Rua Domingos de Morais, 2781, conj. 310

04035-001, Vila Mariana, São Paulo, SP

Ao lado da estação metrô Santa Cruz

Estacionamento gratuito no local

whatsapp-512.png
  • icone_facebook
  • icone_instagram

© 2019 | site da Clínica de Psicologia Nodari.