Psicoterapia é uma ferramenta de desenvolvimento de potenciais e expansão da mente

Atualizado: Ago 25



A proposta da terapia é associada quase sempre a uma ferramenta de tratamento para transtornos emocionais, uma vez que já estão instaurados. O que pouco se discute é sobre a importância de aplicar a psicoterapia na prevenção de transtornos e todos os benefícios da regulação emocional para o bem-estar e qualidade de vida.


Não é preciso receber o diagnóstico de uma especialista para cuidar das suas emoções, aliviar a ansiedade e compreender a fundo sobre os mecanismos cognitivos que regem as escolhas, reações e interpretações.  


A pessoa que faz terapia cognitivo-comportamental (TCC) consegue estabelecer um maior autoconhecimento, avaliar sobre as próprias condutas e sem dúvida, melhorar a qualidade dos seus relacionamentos e desenvolver-se a nível pessoal.


Com o avançar dos estudos na área da psicologia comportamental já existem inúmeras evidências sobre as mudanças geradas no cérebro a partir de novas reformulações cognitivas e emocionais.


Distimia é um transtorno confundido com mau humor e personalidade difícil; saiba mais


O cérebro é um sistema plástico propenso às mudanças de que tanto necessitamos e a formação de novas conexões. A mente pode ser remodelada por meio de novas perspectivas, pensamentos e ações transformadoras.


Confira como a terapia cognitivo-comportamental beneficia a saúde, atua na prevenção de transtornos e razões para que todas as pessoas busquem o auxílio em algum momento da vida.


Estabelecendo novas maneiras de enxergar/interpretar e reagir


Umas das principais vantagens da terapia para a saúde emocional é compreender os impactos do pensamento sobre as nossas vidas, ações e reações.


Quando aborda sobre os seus anseios, dificuldades e medos durante uma sessão se toma consciência de alguns bloqueios e situações limitantes geradas por mecanismos cognitivos, ou seja, a maneira de interpretar as situações.


E aí cabe a pergunta: essa é a única perspectiva? Como encarar a situação de um modo mais saudável e que alivie o mal estar? É exatamente esse o ponto em que a terapia cognitivo-comportamental entra auxiliando-o a refletir sobre os seus próprios pensamentos e a regular o que sente.


Aprendendo a encarar as experiências negativas


Compreender a origem dos traumas e situações indesejadas e aprender a encarar por meio de novas associações cognitivas, são objetivos da TCC. Os cenários e situações vividas não podem ser alterados, no entanto, nos despertam sentimentos e pensamentos irracionais e nocivos para saúde e quando não observados faz com que se torne refém desses episódios.


O que é FOMO? Veja como surge a ansiedade gerada pelas redes sociais.


A TCC é focada no aqui e agora, portanto, será estabelecida a consciência das distorções e esquemas cognitivos (pensamentos automáticos e sentimentos) para encarar a partir de novas associações que irão atenuar as inseguranças e ajudar a eliminar o bloqueio.


A terapia desenvolve o cérebro


A escolha de realizar a psicoterapia é muito válida também para o desenvolvimento cognitivo e intelectual, uma vez que ira proporcionar à pessoa visões amplas e compreensões múltiplas a cerca da sociedade, família e do mundo.


Quando existe a disposição de pensar a partir de diferentes perspectivas e conceitos são acionadas novas conexões neurais.


O cérebro é um circuito muito bem organizado. O tempo inteiro está ativo e utilizamos (100%) da sua funcionalidade. Como toda máquina, vai exigir cuidados e reparação.


Além da prática de atividade física, meditação e alimentação equilibrada, o exercício da terapia é outra ferramenta cognitiva não só para tratar transtornos emocionais, mas ampliar a capacidade de reflexão, autocontrole e autoconhecimento.


Como a escuta terapêutica beneficia o seu cérebro?


Na literatura, são inúmeras as publicações que validam a eficiência da TCC no tratamento terapêutico de diversos transtornos e as transformações são nítidas.


Durante a TCC e o reforço cognitivo, o cérebro realiza novas sinapses, semelhante ao momento em que exercita o aprendizado de um idioma e tantas outras habilidades.


O pensamento flexível e a capacidade de autoanálise é um exercício poderoso para o desenvolvimento da inteligência emocional e habilidades primordiais nos relacionamentos, sejam eles do campo afetivo ou profissional.


Regular as emoções combate transtornos emocionais


Durante a terapia cognitivo-comportamental o paciente é orientado a seguir estratégias de regulação emocional adaptativa. É incluso exercícios que induzem ao relaxamento, como a atividade física, mindfulness, compreensão abrangente das emoções, aceitação e substituição dos desvios cognitivos por novas abordagens.


A regulação das emoções são exercícios que devem ser praticados por qualquer pessoa na prevenção de transtornos emocionais, como a ansiedade e a depressão por exemplo.


Outra abordagem aplicada na terapia cognitivo-comportamental é a TEE (Terapia do Esquema Emocional). Autores como Aaron Beck e Young aprofundaram estudos nessa técnica que visa avaliar a relação das emoções e os contextos vividos pelo paciente por meio de uma abordagem contextualizada e individual.


Ao identificar a origem das emoções negativas são elaboradas estratégias esquematizadas que auxiliam a lidar com a situação de uma forma analítica e resolutiva.


A terapia é uma ferramenta de promoção da qualidade de vida e não devemos restringir os potenciais somente ao tratamento de transtornos, mas também na prevenção e exercício cognitivo para viver de maneira mais leve e flexível.


Durante as sessões da TCC é como se inúmeras janelas fossem abertas na mente, proporcionando novas perspectivas e correções comportamentais necessárias para o desenvolvimento pessoal e profissional.


Referências:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712014000200017

https://www.larpsi.com.br/media/mconnect_uploadfiles/c/a/cap_01654.pdf

https://www.psicologoeterapia.com.br/terapia-cognitiva-comportamental/


#Psicologia #Psicóloga #Desenvolvimento #Psicoterapia

Rua Domingos de Morais, 2781, conj. 310

04035-001, Vila Mariana, São Paulo, SP

Ao lado da estação metrô Santa Cruz

Estacionamento gratuito no local

whatsapp-512.png
  • icone_facebook
  • icone_instagram

© 2019 | site da Clínica de Psicologia Nodari.