Quando procurar um neuropsicólogo?



Talvez você, como tantas pessoas, tenha dúvidas quanto à Neuropsicologia, o que é bem comum, já que explicado de maneira bem resumida, é uma especialidade que contempla as áreas da Neurologia e Psicologia. A ideia deste artigo é esclarecer o que é essa especialidade, o que um neuropsicólogo faz e quando se deve recorrer a este tipo de abordagem clínica.


A Neuropsicologia é uma área particular dentro da Psicologia que tem como intuito investigar o papel dos sistemas cerebrais individuais em formas complexas de atividades mentais. A Neuropsicologia estuda como o cérebro pode influenciar diversas áreas cognitivas como: memória, atenção, raciocínio, comportamento, emoções e capacidade de julgamento e planejamento.


O neuropsicólogo está envolvido em importantes atividades, como:

  • Diagnóstico;

  • Reabilitação;

  • Orientação à família;

  • Trabalho em equipe multidisciplinar.


Essa especialidade clínica tem como foco analisar de maneira profunda o funcionamento do cérebro e como isso influencia o comportamento humano. Algo muito importante dentro da neuropsicologia é a capacidade de conseguir identificar precocemente alterações no desenvolvimento cognitivo e comportamental e, depois disso, um diagnóstico é dado e o melhor caminho de tratamento é indicado.


Confira - Sinais de ansiedade que não devem ser ignorados


O que um Neuropsicólogo faz?


A função do neuropsicólogo é avaliar, investigar e atuar no desenvolvimento de um método de tratamento, em parceria com uma equipe da área da saúde multidisciplinar.


Exemplo: Um adolescente apresenta um transtorno de aprendizagem, como é o caso do TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade). O especialista fará um relatório do perfil desse paciente, se utilizando de alguns recursos como: entrevistas com o paciente e com a família; testes; serão realizadas avaliações e os dados clínicos serão observados minuciosamente.


Depois do diagnóstico, o neuropsicólogo indicará o melhor tratamento: terapia; reabilitação; encaminhamento a profissionais como: psiquiatra, neurologista, psicólogo, fonoaudiólogo, entre outros.


Essa é uma especialidade que demanda que o especialista seja dotado de importantes habilidades, como: profundo relacionamento com pessoas; escuta atenta; é preciso que consiga fazer conexão com os pacientes, dentre outras.


Veja - Diferenças básicas entre tristeza e depressão


Afinal, quando se deve procurar um neuropsicólogo?


A Psicologia e a Neuropsicologia  são áreas distintas. A avaliação de um caso por um neuropsicólogo não substitui outras abordagens terapêuticas, como é o caso do tratamento psicológico, se necessário.


A pessoa deve procurar um neuropsicólogo quando há algum trauma cerebral; algum problema que envolva distúrbio de desenvolvimento ou aprendizagem; quando existem dificuldades na execução de rotinas no dia a dia; perda frequente de memória, atenção ou comprometimento de quaisquer outras funções cognitivas.


Em grande parte dos casos, o neuropsicólogo é indicado por outros especialistas da área da saúde como: médicos, psiquiatras, psicólogos, neurologistas, pediatras, dentre outros.

É preciso procurar o especialista para entender a raiz do problema, porque é a avaliação que vai fornecer dados objetivos e formular importantes hipóteses sobre o funcionamento cognitivo com base em processos neurológicos. 


A avaliação neuropsicológica é fundamental na tomada de decisão de outros profissionais da área da saúde, indicando qual seria o melhor tratamento, seja ele medicamentoso, terápico, cirúrgico, dentre outros.


O papel do neuropsicólogo é dar um diagnóstico mais aprofundado sobre um problema cognitivo ou comportamental, e assim, direcionar um método de tratamento eficaz. 

Dependendo do caso, se não existe uma investigação precisa, um tratamento não efetivo pode ser indicado e a pessoa continua com o problema e talvez possa se agravar.


Uma parte importante do trabalho da Neuropsicologia é a orientação à família e à escola quando necessário, para que os envolvidos com a rotina da criança saibam como lidar em cada situação, de forma que facilitem o processo e não o reforcem.


A Neuropsicologia é uma área ainda em desenvolvimento, por isso, frequentemente surgem novas pesquisas sobre diversos temas na área da cognição e comportamento, o que é extremamente importante, já que a ideia dessa especialidade é dar um norte para um tratamento eficiente que devolva ao paciente a qualidade de vida, tão fundamental.

563 visualizações

Rua Domingos de Morais, 2781, conj. 310

04035-001, Vila Mariana, São Paulo, SP

Ao lado da estação metrô Santa Cruz

Estacionamento gratuito no local

whatsapp-512.png
  • icone_facebook
  • icone_instagram

© 2019 | site da Clínica de Psicologia Nodari.