Seja mais assertivo: Assuma o controle de sua vida

Assertividade é a capacidade de defender nossos direitos em diferentes situações sociais. É poder dizer “não” sem ser agressivo, sem gritar e ou ficar com raiva. As pessoas assertivas se comunicam de forma direta, responsável, segura e serena, dizendo o que sentem e o que querem, sem perder o controle de seu tom de voz. Ser assertivo também é expressar o nosso ponto de vista respeitando o ponto de vista dos demais.


Você já passou situações parecidas como estas abaixo?


- Você está esperando na fila para entrar no ônibus e alguém “fura a fila” entrando antes. Você fica com raiva, mas não se atreve a dizer nada.

- Um amigo pergunta se você pode ir buscá-lo no aeroporto. Mesmo que você esteja com muitos compromissos para aquele momento, diz sim pois não quer que ele fique chateado com você.

- Está pensando há algum tempo que merece um aumento, mas não conversa com seu chefe sobre o assunto.

Talvez você tenha se identificado com alguma das situações. Em qualquer destes casos, deveria ter dito o que pensou.


A maioria das pessoas aceita passivamente situações como estas, deixando de lado o respeito por si própria. Até o momento em que chegam ao limite, podendo despertar episódios de raiva, o que leva a consequências muito piores.


Felizmente, a assertividade é um comportamento que pode ser aprendido e aprimorado. Baseada na autoestima e na autoconfiança, é uma maneira consciente de comunicar seus sentimentos sem se deixar levar pelas emoções.


É claro, isso não resolverá todos os seus problemas. Nem será apropriado em todas as situações, pois cada contexto é diferente. No entanto, você se sentirá mais confiante e se comunicará de maneira mais eficaz quando precisar.


Expressar seus sentimentos e defender seus direitos pode ser muito eficaz na melhora da auto estima. Quando você diz o que quer, pode viver com mais autenticidade e felicidade. Fará você ser mais livre.


Para que serve a assertividade?


Ser assertivo serve para expor aos outros seus verdadeiros desejos e necessidades, bem como servirá para demonstrar dignidade, autoconfiança e respeito por si mesmo. Geralmente será útil para:


- Dar sua opinião, fazer um pedido ou pedir um favor a alguém naturalmente.

- Expressar suas emoções negativas como reclamações, críticas, desentendimentos e rejeitar pedidos.

- Mostrar emoções positivas e fazer elogios.

- Comecar, continuar, mudar e terminar as conversas de forma confortável.

- Compartilhar sentimentos, emoções e experiências com os outros e incentivá-los a dividir os seus com você.

- Resolver os problemas do dia a dia sem deixar as emoções negativas predominarem.


Conselhos práticos para ser mais assertivo


A assertividade não só ajuda a reduzir o estresse, melhorar a sua autoestima e ter autocontrole. Também é um bom método para ganhar o respeito dos outros. Mas como ser assertivo? Aqui estão algumas dicas práticas:


- Fale na primeira pessoa. Ao usar o "eu" em seu diálogo, você pode emitir o que está pensando sem culpar os outros. Por exemplo, use "Eu não concordo" em vez da frase "Você está errado"


- Aprenda a dizer não. É válido rejeitar algumas solicitações se você realmente não tiver tempo para fazê-las. É melhor expressar a sua rejeição do que se estressar por querer cumprir tudo.


- Ensaie seu discurso. Se for difícil para você expressar seus pensamentos, tente praticar ou pensar em situações semelhantes e tente encontrar uma solução. Diga em voz alta ou anote em um diário.


- Use linguagem corporal. Aja com confiança. Mantenha uma postura ereta e faça contato visual constantemente. Tente ter uma expressão facial neutra ou positiva em todos os momentos.


- Controle suas emoções. Se você sentir que seus sentimentos podem atrapalhar suas decisões, espere alguns segundos para se acalmar e expressar seus pensamentos de maneira coerente e tranquila. Respire profundamente e emita uma voz calma e firme.


- Comece com algo pequeno. Se você é uma pessoa passiva, tente modificar esse comportamento em situações de baixo risco.


- Torne-se seu próprio defensor. Se você expressa o que quer ou precisa, terá uma vida mais feliz e autêntica.


- Respeite-se. Não permita que os outros superem suas idéias ou crenças. Faça-os entender de maneira respeitosa que você vale o mesmo que eles e merece respeito.


- Quebrar padrões. Se você é uma das pessoas que deixa os outros decidirem por você, tente eliminar esse comportamento de uma maneira sutil, por exemplo: "o plano é perfeito, mas dessa vez eu adoraria fazer ..."


Lembre-se que se você tem um comportamento passivo, em pouco tempo poderá enfrentar episódios de estresse, ressentimento, raiva, ou mesmo sentimentos de vitimização ou vingança.


Portanto, nunca pare de expressar o que o incomoda. Há sempre uma maneira de expressar-se sem ferir os sentimentos dos outros. Assim que você começar a fazer, perceberá como o seu bem-estar aumentará e ficará mais satisfeito com suas decisões e seu estilo de vida.

Rua Domingos de Morais, 2781, conj. 310

04035-001, Vila Mariana, São Paulo, SP

Ao lado da estação metrô Santa Cruz

Estacionamento gratuito no local

whatsapp-512.png
  • icone_facebook
  • icone_instagram

© 2019 | site da Clínica de Psicologia Nodari.