Sinais de ansiedade que não devem ser ignorados

Atualizado: 1 de Jun de 2019

Diferente dos problemas físicos de saúde, nem sempre é fácil explicar como acontece a ansiedade. Ela é um distúrbio em que os sintomas físicos, emocionais e cognitivos se misturam e podem se tornar uma situação real. Para muitas pessoas, o diagnóstico é um divisor de águas, pois finalmente podem encontram uma explicação para o que sentem e também poderão encontrar uma solução.


A ansiedade pode se apresentar de diferentes maneiras. Há pessoas que sofrem mais com seus efeitos psicológicos e há quem os somatize. Em qualquer caso, conhecer por alguns sintomas da ansiedade ajudará a detectá-la rapidamente e interromper seu progresso.


Sintomas de ansiedade que não devem ser ignorados


Dor muscular


Mesmo pessoas que parecem controlar seus “nervos”, podem sem querer apertar as mandíbulas, tencionar o pescoço ou os ombros, entre outros músculos. É uma reação natural do corpo que está "preparado" para assumir algo que percebe como uma ameaça. Esta tensão pode causar dores e desconforto, além de também revelar a ansiedade.


Incapacidade de relaxar


Pensar em ter um momento para fazer nada, sentar no sofá, passear pela rua sem rumo, ler ou ouvir música estressa você? Se a possibilidade de ter um tempo para ficar “à toa” faz você se sentir mal, pode ser que você esteja sofrendo de algum grau de transtorno de ansiedade. Relaxar, assim como dormir, pode ser muito difícil nesses casos, pois invariavelmente surgem pensamentos negativos ou mesmo listas de tarefas a fazer.

Muitos Bocejos


Bocejar mantém o cérebro em alerta. E os bocejos não são apenas um indicador de sono ou tédio, eles podem ser também sintomas de ansiedade. Muitas vezes, mesmo que você tenha dormido, seu corpo e sua mente não estão descansando o suficiente, e no dia seguinte você está cansado.


Pesquisas na Universidade de Bournemouth, na Inglaterra, revelaram uma conexão entre a frequência de bocejos e o aumento do cortisol no sangue, o hormônio do estresse. O curioso é que o cortisol também aumenta a temperatura do corpo e do cérebro. E essa é a razão que faria você bocejar mais quando se sentir ansioso.


Pesadelos


Se você tem pesadelos que ocorrem com frequência, é provável que seja uma expressão de ansiedade, frustração ou preocupações. Essa foi a conclusão alcançada por um grupo de psicólogos da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, que explica que pesadelos ocasionais são uma tentativa de dar sentido às experiências diurnas. Por outro lado, os pesquisadores descobriram que os pesadelos recorrentes são o resultado de emoções negativas derivadas de um profundo senso de falta de controle sobre nossas vidas e a ideia de que somos incapazes de lidar com problemas.


Gosto metálico na boca


A ansiedade também pode provocar um gosto de metal na boca. Entre diferentes explicações, a mais provável é que o estresse esteja causando uma reação na boca que faz com que as gengivas sangrem. O sangue tem um gosto metálico, e é isso que você percebe, embora a quantidade seja muito pequena que você não possa vê-la. Além do gosto metálico, durante períodos de ansiedade nos tornamos mais sensíveis a certos sabores.


É importante procurar ajuda o mais rápido possível se você sofrer de ansiedade. Quanto antes for iniciado o tratamento, mais rapidamente a ansiedade pode ser superada e mais duradouros serão os resultados.


Quanto mais cedo o círculo vicioso que gera ansiedade for quebrado, melhor. Passar muito tempo sem procurar ajuda, fará com que seu cérebro memorize a resposta ansiosa, de modo que será mais difícil quebrar esse padrão posteriormente.

225 visualizações

Rua Domingos de Morais, 2781, conj. 310

04035-001, Vila Mariana, São Paulo, SP

Ao lado da estação metrô Santa Cruz

Estacionamento gratuito no local

whatsapp-512.png
  • icone_facebook
  • icone_instagram

© 2019 | site da Clínica de Psicologia Nodari.